31 outubro, 2011

Não Deixe o Amor Passar



Quando encontrar alguém e esse alguém fizer seu coração parar de funcionar por alguns segundos, preste atenção: pode ser a pessoa mais importante da sua vida.

Se os olhares se cruzarem e, neste momento,houver o mesmo brilho intenso entre eles, fique alerta: pode ser a pessoa que você está esperando desde o dia em que nasceu.

Se o toque dos lábios for intenso, se o beijo for apaixonante, e os olhos se encherem d’água neste momento, perceba: existe algo mágico entre vocês.

Se o primeiro e o último pensamento do seu dia for essa pessoa, se a vontade de ficar juntos chegar a apertar o coração, agradeça: Deus te mandou um presente: O Amor.

Por isso, preste atenção nos sinais - não deixe que as loucuras do dia-a-dia o deixem cego para a melhor coisa da vida: O AMOR.

Carlos Drummond de Andrade

Se a gente...



''Se a gente cresce com os golpes duros da vida,
também podemos crescer com os toques suaves da alma.”

Cora Coralina

Deixe...



''Deixe que o tamanho do seu Deus determine o tamanho do seu sonho.''

William Carey

30 outubro, 2011

Tem dia...

Fadas



Tem dia que a gente põe virgula,
tem dia que colocamos reticências,
tem dia que colocamos ponto final,
e tem dia que temos a necessidade de virar a página."

Pe Fábio de Melo

Conselhos de Bill Gates


Eis alguns conselhos que um dos homens mais ricos do mundo – Bill Gates – deu aos alunos de uma escola secundária dos Estados Unidos.
É um pequeno resumo do que disse àqueles jovens mas que pode servir também para alguns de nós, sobretudo os que se preparam para a vida activa.
O homem da Microsoft quis chamar a atenção para o facto de a "pedagogia da vida fácil para as crianças" estar a criar uma geração de inadaptados, a falharem na vida.

Regra 1:A vida não é fácil - acostume-se com isso.

Regra 2:O mundo não está preocupado com a sua auto-estima. O mundo espera que você faça alguma coisa útil por ele, ANTES de sentir-se bem com você mesmo.

Regra 3:Você não ganhará R$ 20.000 por mês, assim que sair da escola. Você não será Vice-Presidente de uma empresa com carro e telefone à disposição, antes que você tenha conseguido comprar seu próprio carro e telefone.

Regra 4:Se você acha seu Professor rude, espere até ter um Chefe. Ele não terá pena de você!

Regra 5:Vender jornal velho ou trabalhar durante as férias, não está abaixo da sua posição social. Seus avós, têm uma palavra diferente para isso: eles chamam de "OPORTUNIDADE".

Regra 6:Se você fracassar, não é culpa de seus pais, então não lamente seus erros, aprenda com eles!

Regra 7:Antes de você nascer, seus pais não eram tão críticos como agora. Eles só ficaram assim, por pagar as suas contas, lavar suas roupas e ouvir você dizer que eles são "RIDÍCULOS". Então, antes de tentar salvar o planeta para a próxima geração, querendo consertar os erros da geração dos seus pais, procure LIMPAR SEU PRÓPRIO QUARTO!

Regra 8:Sua escola pode ter eliminado a distinção entre Vencedores e Perdedores, mas a vida não é assim. Em algumas escolas, você repete mais de ano e tem quantas chances precisar até acertar. Isto não se parece com ABSOLUTAMENTE NADA na vida real! Se pisar na bola, está despedido: RUA!!! Faça certo da primeira vez.

Regra 9:A vida, não é dividida em semestres! Você não terá sempre os verões livres e é pouco provável que outros empregados o ajudem a cumprir suas tarefas no fim de cada período.

Regra 10:Televisão NÃO É vida real. Na vida real, as pessoas têm que sair do barzinho e ir trabalhar!

Regra 11: Seja legal com os CDFs, (aqueles estudantes que os demais julgam que são uns babacas). Existe uma grande probabilidade de você vir a trabalhar PARA um deles um dia.

Conta uma Lenda...



Conta a lenda que certa vez uma serpente começou a perseguir um vaga-lume.
Este, fugia rápido, com medo da feroz predadora, e a serpente nem pensava em desistir.
Fugiu um dia e ela não desistia, dois dias e nada...
No terceiro dia, já sem forças, o vaga-lume parou e disse a serpente:
- Posso lhe fazer três perguntas?
- Pertenço a sua cadeia alimentar?ão costumo abrir esse precedente a ninguém, mas já que vou te devorar mesmo, pode perguntar...
- Não.
- Eu te fiz algum mal?
- Não.
- Porque não suporto ver você brilhar…Então, por que você quer acabar comigo?

Muitas vezes não entendemos as perseguições sem precedentes, as implicâncias, as mentiras etc.
Mas aí está uma das razões...
Simplesmente não suportam nos ver brilhar!!!

A lição do Sapinho...



Era uma vez um grupo de sapinhos... que organizaram uma competição.
O objetivo era alcançar o topo de uma torre muito alta.
Uma multidão se juntou em volta da torre para ver a corrida e animar os competidores...
A corrida começou...
Sinceramente, ninguém naquela multidão toda realmente acreditava que sapinhos tão pequenos pudessem chegar ao topo da torre.
E diziam coisas como:
 
'Oh, é dificil DEMAIS!!

Eles NUNCA vão chegar ao topo. '

Eles não tem nenhuma chance... A torre é muito alta!

Os sapinhos começaram a cair...

Um a um...
 
Só alguns continuaram a subir mais e mais alto...

A multidão continuava a gritar:

''É muito difícil!!! Ninguém vai conseguir!''
 
Alguns sapinhos se cansaram e desistiram...

Mas um continuou a subir e a subir...

Este não desistia!
 
No final, todos os sapinhos tinham desistido de subir a torre, com exceção do sapinho que, depois de um grande esforço, foi o único a atingir o topo!
 
Todos os outros sapinhos queriam saber...

Como ele conseguiu?

Um dos sapinhos perguntou ao campeão como ele conseguiu forças para atingir o objetivo.

E o resultado foi...

O sapinho campeão era surdo!!!

Moral da história:

Nunca dê ouvidos a pessoas com tendências negativas ou pessimistas...
Porque eles tiram de você, seus sonhos e desejos...

Por isso seja surdo quando as pessoas dizem que você não pode realizar seus sonhos!

O Imprevisto...



O imprevisto acontece e alguém te encontra.
E te reecontra,
Te reinventa,
Te reencanta,
Te recomeça...

(Gabito Nunes)


Boa Resposta...


Um mecânico está desmontando o cabeçote de uma moto, quando ele vê na oficina um cirurgião cardiologista muito conhecido.
Ele está olhando o mecânico trabalhar.
Então o mecânico pára e pergunta:

- 'Ei, doutor, posso lhe fazer uma pergunta?'

O cirurgião, um tanto surpreso, concorda e vai até a moto na qual o mecânico está trabalhando.
O mecânico se levanta e começa:

- "Doutor, olhe este motor... Eu abro seu coração, tiro válvulas, conserto-as, ponho-as de volta e fecho novamente, e quando eu termino, ele volta a trabalhar como se fosse novo.
Como é então, que eu ganho tão pouco e o senhor tanto, quando nosso trabalho é praticamente o mesmo?"

Então o cirurgião dá um sorriso, se inclina e fala bem baixinho para o mecânico:

- 'Você já tentou fazer como eu faço, com o motor funcionando?'
 
Conclusão:

"QUANDO A GENTE PENSA QUE SABE TODAS AS RESPOSTAS, VEM A VIDA E MUDA TODAS AS PERGUNTAS."

29 outubro, 2011

Que...


 "Que desperdício passar tanto tempo com uma pessoa pra descobrir que ela é uma estranha"

Brilho eterno de uma mente sem lembranças


Nenhum...





Nenhum tempo com você será o suficiente, 
mas começaremos com a eternidade!

Amanhacer Crepúsculo

Só ...




“Só se ama uma vez o resto são paixões que se vão e vem tão rápidas quanto o sol do dia.”

Para Compreender...


Para compreender o valor de uma irmã, pergunte a alguém que não tem nenhuma ou que a perdeu.
Para compreender o valor de dez anos, pergunte a um casal recém divorciado.
Para compreender o valor de quatro anos, pergunte a um recém-formado.
Para compreender o valor de um ano, pergunte a um estudante que reprovou no exame final.
Para compreender o valor de nove meses, pergunte a uma mãe que acaba de dar a luz um filho(a).
Para compreender o valor de uma semana, pergunte a um editor de um jornal semanal.
Para compreender o valor de um minuto, pergunte a alguém que perdeu o contrôle de um carro.
Para compreender o valor de um segundo, pergunte a alguém que tenha sobrevivido a um acidente.
O tempo não espera por ninguém.
Portanto, guarde cada momento que vive.
Apreciaríamos mais, se os compartilhássemos com esse ser especial, porque para compreendere o valor de um amigo ou de um ente querido, basta perdê-lo.

"A vida não será a festa que todos desejamos, mas enquanto estivermos por aqui, devemos dançar conforme a música".

28 outubro, 2011

Que...





“Que eu não perca o equilíbrio,
mesmo sabendo que inúmeras forças querem que eu caia.”





As coisas...


As coisas tem que passar,
os dias têm que mudar,
os ares têm de ser novos e a vida continua,
com ou sem qualquer um.

Caio Fernando Abreu

Insistir...



"Insistir naquilo que já não existe é como calçar um sapato que não te cabe mais...
Machuca, causa bolhas, chega a carne viva e sangra.
Então é melhor ficar descalço !
Deixar livre o coração, enquanto vive.
Deixar livre os pés, enquanto cresce.
Porque quando a gente cresce, o número muda!
Às vezes você tem que esquecer o que você QUER pra começar a entender o que você MERECE"... 

Ninguém...



Ninguém pode estar ao mesmo tempo no presente e no passado, nem mesmo quando tentamos entender as coisas que acontecem conosco. (…)
As coisas passam, e o melhor que fazemos é deixar que elas realmente possam ir embora.

Por isso é tão importante (por mais doloroso que seja) destruir recordações, mudar de casa, dar muitas coisas para orfanatos, vender ou doar os livros que tem.
Tudo neste mundo visível é uma manifestação do mundo invisível, do que está acontecendo em nosso coração.

E o desfazer-se de certas lembranças significa também abrir espaço para que outras tomem o seu lugar.
Deixar ir embora. Soltar. Desprender-se. (…)
Pode parecer óbvio, pode mesmo ser difícil, mas é muito importante. Encerrando ciclos.

Não por causa do orgulho, por incapacidade, ou por soberba, mas porque simplesmente aquilo já não se encaixa mais na sua vida.
Feche a porta, mude o disco, limpe a casa, sacuda a poeira.
Deixe de ser quem era, e se transforme em quem é.

Fernando Pessoa




Um amigo...



Um amigo me chamou para cuidar da dor dele,
Guardei a minha no bolso,
E fui...

Caio Fernando Abreu

27 outubro, 2011

...


“Esperança é um pedaço da gente que sabe que vai dar certo.”

Um Excelente Nadador


Um excelente nadador tinha o costume de correr até a água e de molhar somente o dedão do pé antes de qualquer mergulho.
Algum intrigado com aquele comportamento, lhe perguntou qual a razão daquele hábito.
 
O nadador sorriu respondeu: Há alguns anos eu era um professor de natação.
Eu os ensinava a nadar e a saltar do trampolim.
Certa noite, eu não conseguia dormir, e fui até a piscina para nadar um pouco.

Não acendi a luz, pois a lua brilhava através do teto de vidro do clube.
Quando eu estava no trampolim, vi minha sombra na parede da frente.
Com os braços abertos, minha imagem formava uma magnífica cruz.
 
Em vez de saltar, fiquei ali parado, contemplando minha imagem.
Nesse momento pensei na cruz de Jesus Cristo e em seu significado.
Eu não era um cristão, mas quando criança aprendi que Jesus tinha morrido na cruz para nos salvar pelo seu precioso sangue.

Naquele momento as palavras daquele ensinamento me vieram a mente e me fizeram recordar do que eu havia aprendido sobre a morte de Jesus.

Não sei quanto tempo fiquei ali parado com os braços estendidos.
Finalmente desci do trampolim e fui até a escada para mergulhar na água.
Desci a escada e meus pés tocaram o piso duro e liso do fundo da piscina.

Haviam esvaziado a piscina e eu não tinha percebido.
Tremi todo, e senti um calafrio na espinha.
Se eu tivesse saltado seria meu último salto.
Naquela noite a imagem da cruz na parede salvou a minha vida.

Fiquei tão agradecido a Deus, que ajoelhei na beira da piscina, confessei os meus pecados e me entreguei a Ele, consciente de que foi exatamente em uma cruz que Jesus morreu para me salvar.

Naquela noite fui salvo duas vezes e, para nunca mais me esquecer, sempre que vou até piscina molho o dedão do pé antes.
Deus tem um plano na vida de cada um de nós e não adianta querermos apressar, ou retardar as coisas, pois, tudo acontecerá no seu devido tempo e esse tempo é o tempo Dele e não o nosso...

Dar e Receber



Quando eu participava de um grupo em uma casa espírita, todos os meses doávamos alimentos para compor cestas básicas que eram distribuídas às famílias carentes da comunidade.
A cada mês, um grupo se encarregava de trazer arroz, outro feijão, e assim por diante, a fim de que se compusesse a cesta

Em determinado mês, coube ao meu grupo trazer café.
Nada poderia ser mais simples.
Um quilo de café.
Não importava a marca.
No entanto, a coordenadora nos alertou:

“Combinem entre vocês para trazer apenas café solúvel. Porque as pessoas reclamam que receberam um tipo e as outras de outro. Então, é melhor que seja tudo igual”.

Por muito tempo, refleti sobre isso.
As famílias eram carentes, recebiam cestas de alimentos que com certeza supriam suas necessidades imediatas.
Então por que reclamavam?
Afinal, não pagavam nada!

Um dia, me caiu nas mãos um livro intitulado “Trapeiros de Emaús”.
Contava a história de uma comunidade iniciada por um padre, para pessoas que eram o que chamaríamos de “Sem Teto”.
Um trecho me chamou a atenção.
O padre contava suas experiências em caridade.
 
Quando menino, ele costumava acompanhar seu pai que todos os meses, doava um dia de seu tempo para atender pessoas carentes.
O pai era médico, mas como já havia quem atendesse as pessoas nesse setor, ele se dedicava a cortar cabelos, profissão que também exercera.
O menino percebia que embora seu pai executasse seu serviço de graça e com amor, as pessoas reclamavam muito.
Exigiam tal ou tal corte e às vezes quando iam embora, xingavam o pai porque não haviam gostado do corte.
Mas o pai tinha uma paciência infinita, tentava atender ao que lhe pediam e jamais revidava as ofensas, chegando até mesmo a pedir desculpas, quando alguém não gostava do trabalho que ele realizara.
Então, um dia, o menino perguntou ao pai porque ele agia assim.
E por que as pessoas reclamavam de algo que recebiam de graça, que não teriam de outra forma.
 
Para essas pessoas, disse o pai, receber é muito difícil.

“Elas se sentem humilhadas porque recebem sem dar nada em troca, por isso, elas reclamam, é uma maneira de manterem a autoestima, de deixar claro que ainda conservam a própria dignidade”.

“É preciso saber dar, disse o pai, dar de maneira que a pessoa que recebe não se sinta ferida em sua dignidade”.

Depois li um livro de Brian Weiss em que ele contava que uma moça estava muito zangada com Deus. A mãe dela morrera, depois de vários anos de vida vegetativa, sendo cuidada pelos outros como um bebê indefeso.
 
“Minha mãe sempre ajudou os outros, nunca quis receber nada, não merecia isso”, dizia ela.

Então, ela recebeu uma mensagem dos Mestres:

“A doença de sua mãe foi uma benção, ela passou a vida ajudando os outros, mas não sabia receber. Durante o tempo da doença ela aprendeu. Isso era necessário para sua evolução”.

Depois de ler esses dois livros, comecei a entender a atitude das pessoas que reclamavam do que recebiam nas cestas básicas.
E comecei também a refletir sobre essa frágil e necessária ponte entre as pessoas que se chama...

“ Dar e Receber”

Quando ajudamos alguém em dificuldade, quando damos alguma coisa a alguém que necessita, seja material ou “imaterial”, estamos teoricamente em posição de superioridade.
Somos nós os doadores, isso nós faz bem e as vezes tendemos a não dar importância à maneira como essa ajuda é dada.
 
Por outro lado, quando somos nós a receber, ou nos sentimos diminuídos, ou recebemos como se aquilo nos fosse devido.
E quantas vezes fizemos dessa ponte uma via de mão única?

Quantas vezes fomos apenas aquele que dá, aparentemente com generosidade, mas guardamos lá no fundo nosso sentimento de superioridade sobre o outro... ou esperando sua eterna gratidão.
E recusamos orgulhosamente receber, porque “não precisamos de nada, nem de ninguém”... ou porque temos vergonha de mostrar nossa fragilidade, como se isso nos fizesse menores aos olhos dos outros.

E quantas vezes fomos apenas aquele que tudo recebe, sem nada dar em troca, egoisticamente convencidos de nosso direito a isso.

A Lei é:

“Dar com liberalidade e receber com gratidão” . Ensina São Paulo.

Que cada um de nós consiga entender as lições de “Dar e Receber” e agradeça a Deus as oportunidades de aprendê-las.

Tania Vernet

Com o tempo...


Com o tempo, você vai percebendo que para ser feliz com uma outra pessoa, você precisa, em primeiro lugar, não precisar dela.
Percebe também que aquele cara que você ama (ou acha que ama) e que não quer nada com você, definitivamente, não é o homem/mulher da sua vida.
Você aprende a gostar de você, a cuidar de você e, principalmente, a gostar de quem também gosta de você.
O segredo é não correr atrás das borboletas...
É cuidar do jardim para que elas venham até você.
No final das contas, você vai achar não quem você estava procurando, mas quem estava procurando por você!

Se nós...






''Se nós não nos disciplinamos o mundo o fará por nós...''

William Feather

Um Sonho...







“Um sonho que não se interpreta é como uma carta que não se lê.''

Talmude

As Diferenças entre Religião e Espiritualidade...



A religião alimenta a mente; a espiritualidade, a alma!!
A religião não é apenas uma, são centenas.
A espiritualidade é apenas uma.
A religião é para os que dormem.
A espiritualidade é para os que estão despertos.
A religião é para aqueles que necessitam que alguém lhes diga o que fazer e querem ser guiados.
A espiritualidade é para os que prestam atenção à sua Voz Interior.
A religião tem um conjunto de regras dogmáticas.
A espiritualidade te convida a raciocinar sobre tudo, a questionar tudo.
A religião ameaça e amedronta.
A espiritualidade lhe dá Paz Interior.
A religião fala de pecado e de culpa.
A espiritualidade lhe diz: aprenda com o erro.
A religião reprime tudo, te faz falso.
A espiritualidade transcende tudo, te faz verdadeiro!
A religião não é Deus.
A espiritualidade é Tudo e, portanto é Deus.
A religião inventa.
A espiritualidade descobre.
A religião não indaga nem questiona.
A espiritualidade questiona tudo.
A religião é humana, é uma organização com regras.
A espiritualidade é Divina, sem regras.
A religião é causa de divisões.
A espiritualidade é causa de União.
A religião lhe busca para que acredite.
A espiritualidade você tem que buscá-la.
A religião segue os preceitos de um livro sagrado.
A espiritualidade busca o sagrado em todos os livros.
A religião se alimenta do medo.
A espiritualidade se alimenta na Confiança e na Fé.
A religião faz viver no pensamento.
A espiritualidade faz Viver na Consciência.
A religião se ocupa com fazer.
A espiritualidade se ocupa com Ser.
A religião alimenta o ego.
A espiritualide nos faz Transcender.
A religião nos faz renunciar ao mundo.
A espiritualidade nos faz viver em Deus, não renunciar a Ele.
A religião é adoração.
A espiritualidade é Meditação.
A religião sonha com a glória e com o paraíso.
A espiritualidade nos faz viver a glória e o paraíso aqui e agora.
A religião vive no passado e no futuro.
A espiritualidade vive no presente.
A religião enclausura nossa memória.
A espiritualidade liberta nossa Consciência.
A religião crê na vida eterna.
A espiritualidade nos faz consciente da vida eterna.
A religião promete para depois da morte.
A espiritualidade é encontrar Deus em Nosso Interior durante a vida...

...


Desejo esperanças novinhas em folha,
todos os dias ...

Caio Fernando Abreu


...







Enquanto você tiver fé a palavra desistir não será praticada...

Minha Oração ...


Que eu continue a acreditar no outro mesmo sabendo que alguns valores esquisitos permeiam o mundo;

Que eu continue otimista, mesmo sabendo que o futuro que nos espera nem sempre é tão alegre;

Que eu continue com a vontade de viver, mesmo sabendo que a vida é, em muitos momentos, é uma lição difícil de ser aprendida;

Que eu permaneça com a vontade de ter grandes amigos, mesmo sabendo que com as voltas do mundo, eles vão indo embora de nossas vidas;

Que eu realmente sempre a vontade de ajudar as pessoas, mesmo sabendo que muitas delas são incapazes de ver, sentir, entender ou utilizar esta ajuda;

Que eu mantenha meu equilíbrio, mesmo sabendo que os desafios são inúmeros ao longo do caminho;

Que eu exteriorize a vontade de amar, entendendo que amar é um sentimento de doação;

Que eu sustente a luz e o brilho no olhar, mesmo sabendo que muitas coisas que vejo no mundo, escurecem meus olhos;

Que eu retroalimente minha garra, mesmo sabendo que as minhas derrotas e perdas são ingredientes tão fortes quanto os meus sucessos e alegrias;

Que eu atenda sempre mais à minha intuição, que sinaliza o que de  mais autêntico possuo;

Que eu pratique sempre mais o sentimento de justiça, mesmo em meio à turbulência dos interesses;

Que nunca perca o meu forte abraço, e o distribua sempre;

Que eu perpetue a beleza e o brilho de ver, mesmo sabendo que as lágrimas também brotam dos meus olhos;

Que continue manifestando o amor por minha família, mesmo sabendo que ela muitas vezes me exige muito para manter sua harmonia;

Que eu acalente a vontade de ser grande, mesmo sabendo que minha parcela de contribuição no mundo é pequena;

E, acima de tudo...

Que eu lembre sempre que todos nós fazemos parte desta maravilhosa teia chamada Vida, criada por Deus um bem superior a todos nós!

E que as grandes mudanças não ocorrem por grandes feitos de alguns e, sim, nas pequenas parcelas cotidianas de todos nós!

O Sermão do Padre Durante o Casamento


“Em maio(…), escrevi um texto em que afirmava que achava bonito o ritual do casamento na igreja, com seus vestidos brancos e tapetes vermelhos, mas que a única coisa que me desagradava era o sermão do padre:

‘Promete ser fiel na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, amando-lhe e respeitando-lhe até que a morte os separe?’

Acho simplista e pouco fora da realidade.

Dou aqui novas sugestões de sermões:

‘Promete não deixar a paixão fazer de você uma pessoa controladora, e sim respeitar a individualidade do seu amado, lembrando sempre que ele não pertence a você e que está ao seu lado por livre e espontânea vontade?’
 
‘Promete saber ser amigo(a) e ser amante, sabendo exatamente quando devem entrar em cena um e outro, sem que isso lhe transforme numa pessoa de dupla identidade ou numa pessoa menos romântica?’

‘Promete fazer da passagem dos anos uma via de amadurecimento e não uma via de cobranças por sonhos idealizados que não chegaram a se concretizar?’

‘Promete sentir prazer de estar com a pessoa que você escolheu e ser feliz ao lado dela pelo simples fato de ela ser a pessoa que melhor conhece você e, portanto, a mais bem preparada para lhe ajudar, assim como você a ela?’

‘Promete se deixar conhecer?’

‘Promete que seguirá sendo uma pessoa gentil, carinhosa e educada, que não usará a rotina como desculpa para sua falta de humor?’
 
‘Promete que fará filhos por amor e por vontade, e não porque é o que esperam de você, e que você os educará para serem independentes e bem informados sobre a realidade que os aguarda?’

‘Promete que não falará mal da pessoa com quem casou só para arrancar risadas dos outros?’

‘Promete que a palavra liberdade seguirá tendo a mesma importância que sempre teve na sua vida, que você saberá responsabilizar-se por si mesmo sem ficar escravizado pelo outro e que saberá lidar com sua própria solidão, que casamento algum elimina?’
 
‘Promete que será tão você mesmo quanto era minutos antes de entrar na igreja?’

‘Sendo assim, declaro-os muito mais que marido e mulher.

‘Declaro-os maduros!”.

Mário Quintana

26 outubro, 2011

Que Deus...



Que Deus te cuide com carinho, que te indique o melhor caminho, que te ensine sobre o verdadeiro amor, que te perdoe quando preciso for.

Que Deus te dê asas para voar, nos sonhos te ajude a pousar mas, também, te mostre a realidade que terás que enfrentar sem nunca, por nada, recuar.

Que Deus te dê forças para encarar tudo aquilo que não tens como mudar ou sequer adulterar.

Que Deus te dê saúde, que teu corpo, por dentro, nunca mude e que ao envelhecer tu possas dizer que tua maior felicidade foi viver.

Que Deus te mostre com clareza a grande e real beleza de um jardim florido, de um bom livro, de uma poesia que fale de saudade, de uma calma paisagem.

Que Deus te faça compreender porque amanhece antes de anoitecer, porque o sol se esconde quando a lua quer brilhar e porque o sol brilha quando ela vai descansar.

Que Deus te faça ver que no sorriso de uma criança mora toda a esperança que tanto precisas pra viver.

Que Deus faça de ti um ser sensível, que seja capaz de chorar sem jamais se envergonhar

Que Deus possa te mostrar que cada onda do mar devolve tudo que ousa levar, afinal não tem intenção de roubar o que em terra deve ficar.

Que Deus te ensine sobre a dignidade, sobre a força e a fragilidade, sobre a coragem e a honestidade.

Que Deus te ofereça amigos verdadeiros e que tu saibas cultivar cada amizade que em tua vida Ele plantar.

Que Deus te ensine a fé, que te faça crer em Jesus, e que te permita aceitar que por pior que seja a cruz que tenhas que carregar com o peso que teve a Dele nunca será.

Que você perceba isso SEMPRE!

Um jovem...



Um jovem muito rico foi encontrar-se com um rabino, e lhe pediu um conselho para orientar a vida.

Este o conduziu até a janela:

- O que vês através dos vidros?
- Vejo homens passando, e um cego pedindo esmolas na rua.

Então o rabino mostrou-lhe um grande espelho:

- E agora, o que vês?
- Vejo-me a mim mesmo.
- E já não vês os outros!

Repara que a janela e o espelho são ambos feitos da mesma matéria prima: o vidro.

Mas no espelho, porque há uma fina camada de prata colada a vidro, enxergas apenas a ti mesmo.

Deves comparar-te a estas duas espécies de vidro.

Pobre, prestavas atenção aos outros e tinhas compaixão por eles.

Coberto de prata – rico – só consegues admirar teu próprio reflexo...

Rugas Irretocáveis


Tenho cabelos loiros pintados, para esconder os fios brancos.

Não me lembro exatamente em que ano eles começaram a branquear.

Tenho algumas rugas em volta dos olhos, mas também não me recordo quando elas começaram a aparecer.

Tento disfarçá-las, tantas novidades no campo da dermatologia, achei por bem aproveitá-las.

Do corpo não cuido quase, só recentemente entrei para uma academia por ordem médica.

Ele me disse que na minha idade preciso de exercícios.

Mas, falto mais do que vou, não gosto de fazer ginástica...

Das minhas unhas cuido semanalmente, penso que elas são uma porta de visita.

Unhas maltratadas causam uma péssima impressão.

De uns dois anos pra cá descobri os cremes, ai compro um aqui outro ali e no final não uso.

Porém, só de olhá-los na prateleira, percebo que as rugas se retraem.

Mantenho a vaidade, entretanto não em excesso, penso que na medida certa para uma mulher...

Enfim os anos passam e as marcas que eles deixam em nós, não temos como conter.

Nem pretendo isso.

Penso que cada marca que meu corpo carrega, tem uma linda história.

Às vezes me pego na frente do espelho, vejo uma nova pequena ruga e já me coloco a calcular o que a causou.

Depois reencontro com outra que já está lá vincada há anos e me recordo quando ela apareceu.

Poderia enumerar também a história de cada fio de cabelo branco.

Foram pais, filhos, marido, amigos… que colocaram ali.

Não quero me desfazer de nenhuma dessas marcas, apenas amenizá-las.

Mereço isso. A vida me deve isso.

Hoje a parte que merece mais a minha atenção, tem sido a cabeça.

Tento, todos os dias, colocá-la no lugar, equilibrá-la, alimentá-la com sonhos e alegrias.

Corpo e mente caminham juntos.

Se um estiver em estado lastimável, o outro provavelmente vai se deteriorar.

Não escondo minha idade.

Não adiantaria falar que tenho trinta e cinco e apresentar uma filha de vinte e cinco.

Portanto confesso:

Tenho quarenta e oito anos.

Metade deles bem vividos, a outra metade muito sofridos...

É aí que está o encanto da minha idade.

Conheci de tudo um pouco, das lágrimas aos sorrisos e ambos me fizeram ser essa pessoa que sou agora.

Ficaram as rugas no rosto e na alma, contudo ficaram sorrisos em ambos.

Minhas rugas mais bonitas são aquelas marcas de expressão que eu adquiri de tanto sorrir, muitas vezes quando o coração chorava.

Às vezes ...






“Às vezes o amor que se dá pesa, quase como uma responsabilidade na pessoa que o recebe.
Eu tenho essa tendência geral para exagerar, e resolvi tentar não exigir dos outros senão o mínimo.
É uma forma de paz…”


Diz uma lenda...



Diz uma lenda arabe que dois amigos viajavam pelo deserto e em um determinado ponto da viagem discutiram.

Um esbofeteou o outro.

O ofendido, sem nada a dizer, escreveu na areia:

HOJE, MEU MELHOR AMIGO ME BATEU NO ROSTO.

Seguiram viagem e chegaram a um oasis, onde resolveram tomar banho.


O que havia sido esbofeteado começou a afogar-se sendo salvo pelo amigo.

Ao recuperar-se pegou um estilete e escreveu numa pedra:

HOJE, MEU MELHOR AMIGO SALVOU-ME A VIDA.

Intrigado, o amigo perguntou:

-Por que depois que te bati, tu escreveste na areia e agora escreves na pedra?

Sorrindo, o outro amigo respondeu:

-Quando um grande amigo nos ofende, devemos escrever na areia, onde o vento do esquecimento e do perdão se encarrega de apagar, porem quando nos faz algo grandioso, devemos gravar na pedra da memoria do coração, onde vento nenhum do mundo podera apagar ..."

Autor Desconhecido

Já...




Já escondi um AMOR com medo de perdê-lo, já perdi um AMOR por escondê-lo.

Já segurei nas mãos de alguém por medo, já tive tanto medo, ao ponto de nem sentir minhas mãos.

Já expulsei pessoas que amava de minha vida, já me arrependi por isso.

Já passei noites chorando até pegar no sono, já fui dormir tão feliz, ao ponto de nem conseguir fechar os olhos.

Já acreditei em amores perfeitos, já descobri que eles não existem.

Já amei pessoas que me decepcionaram, já decepcionei pessoas que me amaram.

Já passei horas na frente do espelho tentando descobrir quem sou, já tive tanta certeza de mim, ao ponto de querer sumir.

Já menti e me arrependi depois, já falei a verdade e também me arrependi.

Já fingi não dar importância às pessoas que amava, para mais tarde chorar quieta em meu canto.

Já sorri chorando lágrimas de tristeza, já chorei de tanto rir.

Já acreditei em pessoas que não valiam a pena, já deixei de acreditar nas que realmente valiam.

Já tive crises de riso quando não podia.

Já quebrei pratos, copos e vasos, de raiva.

Já senti muita falta de alguém, mas nunca lhe disse.

Já gritei quando deveria calar, já calei quando deveria gritar.

Muitas vezes deixei de falar o que penso para agradar uns, outras vezes falei o que não pensava para magoar outros.

Já fingi ser o que não sou para agradar uns, já fingi ser o que não sou para desagradar outros.

Já contei piadas e mais piadas sem graça, apenas para ver um amigo feliz.

Já inventei histórias com final feliz para dar esperança a quem precisava.

Já sonhei demais, ao ponto de confundir com a realidade... Já tive medo do escuro, hoje no escuro "me acho, me agacho, fico ali".

Já cai inúmeras vezes achando que não iria me reerguer, já me reergui inúmeras vezes achando que não cairia mais.

Já liguei para quem não queria apenas para não ligar para quem realmente queria.

Já corri atrás de um carro, por ele levar embora, quem eu amava.

Já chamei pela mamãe no meio da noite fugindo de um pesadelo. Mas ela não apareceu e foi um pesadelo maior ainda.

Já chamei pessoas próximas de "amigo" e descobri que não eram... Algumas pessoas nunca precisei chamar de nada e sempre foram e serão especiais para mim.

Não me dêem fórmulas certas, porque eu não espero acertar sempre.

Não me mostre o que esperam de mim, porque vou seguir meu coração!

Não me façam ser o que não sou, não me convidem a ser igual, porque sinceramente sou diferente!

Não sei amar pela metade, não sei viver de mentiras, não sei voar com os pés no chão.

Sou sempre eu mesma, mas com certeza não serei a mesma pra SEMPRE!

Gosto dos venenos mais lentos, das bebidas mais amargas, das drogas mais poderosas, das idéias mais insanas, dos pensamentos mais complexos, dos sentimentos mais fortes.

Tenho um apetite voraz e os delírios mais loucos.

Você pode até me empurrar de um penhasco que eu vou dizer:

- E daí? EU ADORO VOAR!

Clarice Lispector

24 outubro, 2011

Não é ...



''Não é a altura, nem o peso, nem os músculos que tornam uma pessoa grande,
é a sua sensibilidade sem tamanho.''

Martha Medeiros

23 outubro, 2011

Não Diga as Coisas com Pressa


"Não diga as coisas com pressa.

Mais vale um silêncio certo que uma palavra errada.

Demora naquilo que você precisa dizer.

Livre-se da pressa de querer dar ordens ao mundo.

É mais fácil a gente se arrepender de uma palavra que de um silêncio.

Palavra errada, na hora errada, pode se transformar em ferida naquele que disse, e também naquele que ouviu.

Em muitos momentos da vida o silêncio é a resposta mais sábia que podemos dar a alguém."

Pe. Fabio de Melo

22 outubro, 2011

Vinte Anos Cego


Há muito tempo atrás, um casal de idosos que não tinham filhos, morava em uma casinha humilde de madeira, tinham uma vida muito tranqüila, alegre, e ambos se amavam muito.
Eram felizes. Até que um dia...
Aconteceu um acidente com a senhora.
Ela estava trabalhando em sua casa quando começa a pegar fogo na cozinha e as chamas atingem todo o seu corpo.
O esposo acorda assustado com os gritos e vai a sua procura, quando a vê coberta pelas chamas e imediatamente tenta ajudá-la.
O fogo também atinge seus braços e, mesmo em chamas, consegue apagar o fogo.
Quando chegaram os bombeiros já não havia muito da casa, apenas uma parte, toda destruída.
Levaram rapidamente o casal para o hospital mais próximo, onde foram internados em estado grave.
Após algum tempo aquele senhor menos atingido pelo fogo saiu da UTI e foi ao encontro de sua amada.
Ainda em seu leito a senhora toda queimada, pensava em não viver mais, pois estava toda deformada, queimara todo o seu rosto.
Chegando ao quarto de sua senhora, ela foi falando:

-Tudo bem com você meu amor?

-Sim, respondeu ele, pena que o fogo atingiu os meus olhos e não posso mais enxergar, mas fique tranqüila amor que sua beleza está gravada em meu coração para sempre.

Então triste pelo esposo, a senhora pensou consigo mesma:

"Como Deus é bom, vendo tudo o que aconteceu a meu marido, tirou-lhe a visão para que não presencie esta deformação em mim.

As chamas queimaram todo o meu rosto e estou parecendo um monstro.
 
E Deus é tão maravilhoso que não deixou ele me ver assim, como um monstro...

Obrigado Senhor!"

Passado algum tempo e recuperados milagrosamente, voltaram para uma nova casa, onde ela fazia tudo para o seu querido e amado esposo, e o esposo agradecido por tanto amor, afeto e carinho, todos os dias dizia-lhe:

-  Como eu Te AMo!
Você é linda demais.
Saiba que você é e será sempre, a mulher da minha vida!
 
E assim viveram mais 20 anos até que a senhora veio a falecer.

No dia de seu enterro, quando todos se despediam da bondosa senhora, veio aquele marido com os olhos em lágrimas, sem seus óculos escuros e com sua bengala nas mãos.

Chegou perto do caixão, beijou o rosto acariciando sua amada, disse em um tom apaixonante:

-"Como você é linda meu amor, eu te amo muito".

Ouvindo e vendo aquela cena um amigo que esta ao seu lado perguntou se o que tinha acontecido era milagre.

Pois parecia que o velhinho parecia enxergar sua amada.

O velhinho olhando nos olhos do amigo, apenas falou com as lágrimas rolando quente em sua face:

-Nunca estive cego, apenas fingia, pois quando vi minha amada esposa toda queimada e deformada,
sabia que seria duro para ela continuar vivendo daquela maneira.

Foram vinte anos vivendo muito felizes e apaixonados!

Foram os 20 anos mais felizes de minha vida.

E emocionou a todos os que ali estavam presentes.
 
Conclusão: Na vida temos de provar que amamos!

Muitas vezes de uma forma difícil ...

E, para sermos felizes, temos de fechar os olhos para muitas coisas, mas o importante é que se faça única e intensamente com AMOR!

Quando...



“Quando me amei de verdade, comecei a me livrar de tudo que não fosse saudável.
Pessoas, tarefas, tudo e qualquer coisa que me pusesse para baixo.
De início, minha razão chamou essa atitude de egoísmo.
Hoje sei que se chama… Amor-próprio.”
 
Charles Chaplin

Se um dia...

“Se um dia você tiver que escolher entre o mundo e o amor, lembre-se:
Se escolher o mundo ficará sem amor, 
mas se você escolher o amor,
com ele conquistará o mundo”. 
Albert Einstein

21 outubro, 2011

Deus...




“Deus mora onde o deixam entrar...”

Sabedoria Oriental

Sempre é preciso saber quando uma etapa chega ao final...




Se insistirmos em permanecer nela mais do que o tempo necessário, perdemos a alegria e o sentido das outras etapas que precisamos viver.
Encerrando ciclos, fechando portas, terminando capítulos... não importa o nome que damos, o que importa é deixar no passado os momentos da vida que já se acabaram.


Foi despedida do trabalho?
Terminou uma relação?
Deixou a casa dos pais?
Partiu para viver em outro país?
A amizade tão longamente cultivada desapareceu sem explicações?


Você pode passar muito tempo se perguntando por que isso aconteceu....
Pode dizer para si mesmo que não dará mais um passo enquanto não entender as razões que levaram certas coisas, que eram tão importantes e sólidas em sua vida, serem subitamente transformadas em pó.
Mas tal atitude será um desgaste imenso para todos: seus pais, seus amigos, seus filhos, seus irmãos, todos estarão encerrando capítulos, virando a folha, seguindo adiante, e todos sofrerão ao ver que você está parado.
Ninguém pode estar ao mesmo tempo no presente e no passado, nem mesmo quando tentamos entender as coisas que acontecem conosco.
O que passou não voltará: não podemos ser eternamente meninos, adolescentes tardios, filhos que se sentem culpados ou rancorosos com os pais, amantes que revivem noite e dia uma ligação com quem já foi embora e não tem a menor intenção de voltar.
As coisas passam, e o melhor que fazemos é deixar que elas realmente possam ir embora...
Por isso é tão importante (por mais doloroso que seja!) destruir recordações, mudar de casa, dar muitas coisas para orfanatos, vender ou doar os livros que tem.
Tudo neste mundo visível é uma manifestação do mundo invisível, do que está acontecendo em nosso coração... e o desfazer-se de certas lembranças significa também abrir espaço para que outras tomem o seu lugar.


Deixar ir embora. Soltar. Desprender-se.


Ninguém está jogando nesta vida com cartas marcadas, portanto às vezes ganhamos, e às vezes perdemos.
Não espere que devolvam algo, não espere que reconheçam seu esforço, que descubram seu gênio, que entendam seu amor.
Pare de ligar sua televisão emocional e assistir sempre ao mesmo programa, que mostra como você sofreu com determinada perda: isso o estará apenas envenenando, e nada mais.
Não há nada mais perigoso que rompimentos amorosos que não são aceitos, promessas de emprego que não têm data marcada para começar, decisões que sempre são adiadas em nome do "momento ideal".
Antes de começar um capítulo novo, é preciso terminar o antigo: diga a si mesmo que o que passou, jamais voltará!
Lembre-se de que houve uma época em que podia viver sem aquilo, sem aquela pessoa - nada é insubstituível, um hábito não é uma necessidade.
Pode parecer óbvio, pode mesmo ser difícil, mas é muito importante.
Encerrando ciclos. Não por causa do orgulho, por incapacidade, ou por soberba, mas porque simplesmente aquilo já não se encaixa mais na sua vida.
Feche a porta, mude o disco, limpe a casa, sacuda a poeira.
Deixe de ser quem era, e se transforme em quem é.
Torna-te uma pessoa melhor e assegura-te de que sabes bem quem és tu próprio, antes de conheceres alguém e de esperares que ele veja quem tu és..


E lembra-te:


Tudo o que chega, chega sempre por alguma razão".


Fernando Pessoa

Suficiente para Você !


Há pouco tempo, estava no aeroporto e vi mãe e filha se despedindo.

Quando anunciaram a partida, elas se abraçaram e a mãe disse:
 
- Eu te amo. Desejo o suficiente para você.
 
A filha respondeu:

- Mãe, nossa vida juntas tem sido mais do que suficiente, o seu amor é tudo de que sempre precisei, eu também desejo o suficiente para você.

Elas se beijaram e a filha partiu.

A mãe passou por mim e se encostou na parede.

Pude ver que ela queria, e precisava, chorar.

Tentei não me intrometer nesse momento, mas ela se dirigiu a mim, perguntando:

- Você já se despediu de alguém sabendo que seria para sempre?
 
- Já - respondi. - Me desculpe pela pergunta, mas por que foi um adeus para sempre?

- Estou velha e ela vive tão longe daqui, tenho desafios à minha frente a verdade é que a próxima viagem dela para cá será para o meu funeral.
 
- Quando estavam se despedindo, ouvi a senhora dizer 'Desejo o suficiente para você', posso saber o que isso significa?
 
Ela começou a sorrir.

- É um desejo que tem sido passado de geração para geração em minha família, meus pais costumavam dizer isso para todo mundo.

Ela parou por um instante e olhou para o alto como se estivesse tentando se lembrar em detalhes e sorriu mais ainda.

- Quando dissemos 'Desejo o suficiente para você', estávamos desejando uma vida cheia de coisas boas o suficiente para que a pessoa se ampare nelas.
 
Então, virando-se para mim, disse, como se estivesse recitando:
 
- Desejo a você sol o suficiente para que continue a ter essa atitude radiante.

- Desejo a você chuva o suficiente para que possa apreciar mais o sol..

- Desejo a você felicidade o suficiente para que mantenha o seu espírito alegre.

- Desejo a você dor o suficiente para que as menores alegrias na vida pareçam muito maiores.

- Desejo a você que ganhe o suficiente para satisfazer os seus desejos materiais.

- Desejo a você perdas o suficiente para apreciar tudo que possui.

- Desejo a você 'alôs' em número suficiente para que chegue ao adeus final.
 
Ela começou então a soluçar e se afastou.
 
Dizem que leva um minuto para encontrar uma pessoa especial, uma hora para apreciá-la, um dia para amá-la, mas uma vida inteira para esquecê-la.
 
Eu Desejo o Suficiente para Você !