30 setembro, 2013

O tempo da travessia


Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas,
que já tem a forma do nosso corpo,
e esquecer os nossos caminhos,
que nos levam sempre aos mesmos lugares.
É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos.

Fernando Pessoa

Um olhar


Quem não compreende um olhar,
tampouco compreenderá uma longa explicação.

Mário Quintana

29 setembro, 2013

Somos...



Somos o que pensamos. 
Tudo o que somos surge com nossos pensamentos. 
Com nossos pensamentos, 
fazemos o nosso mundo.

Buda

O Pior...



"O pior cego é aquele que não quer ver, ouvir, nem acreditar..."

Há...


"Há pessoas que choram por saber que as rosas têm espinho,
Há outras que sorriem por saber que os espinhos têm rosas!"

Machado de Assis

28 setembro, 2013

Ontem...


 
"Ontem é história,
o amanhã é um mistério,
mas o hoje é uma dádiva.
É por isso que se chama presente..."

27 setembro, 2013

...


"Siga a sua alegria."

Eu amo...

 
 
"Eu amo, não só pelo que você é,
mas pelo que eu sou quando estou a seu lado."
 
Roy Croft

O Tempo...

 
O tempo é muito lento para os que esperam,
Muito rápido para os que tem medo,
Muito longo para os que lamentam,
Muito curto para os que festejam,
Mas, para os que amam, o tempo é eterno.

William Shakespeare

...


A mente que se abre a uma nova ideia jamais volta ao seu tamanho original.

Albert Einstein

26 setembro, 2013

Na extensa...




Na extensa praia, em plena manhã de primavera, um caranguejo corria na areia em companhia de sua mãe.
Observando o filho, a mãe logo o corrigiu: Não corra de lado! Andar para frente é muito mais adequado.
O jovem caranguejo respondeu sem demora: Claro, mamãe, quero aprender. Mostre como se anda para a frente e eu ando atrás de você.

23 setembro, 2013

Todos...


Todos os dias Deus nos dá um momento em que é possível mudar tudo que nos deixa infelizes. 
O instante mágico é o momento em que um 'sim' ou um 'não' pode mudar toda a nossa existência.
 
Paulo Coelho

22 setembro, 2013

21 setembro, 2013

Nesta...

 
"Nesta Vida Somos Todos Reis ou Peões..." 
 Napoleão Bonaparte

20 setembro, 2013

Eterno...

 
“Eterno, é tudo aquilo que dura uma fração de segundo,
mas com tamanha intensidade,
que se petrifica,
e nenhuma força jamais o resgata.”

 
Carlos Drummond de Andrade

 
 


Nada é mais precioso do que a luz;
mas o excesso ofusca.
 
Textos Judaicos

19 setembro, 2013

Coisas da Vida...




Já escondi um amor com medo de perdê-lo,
Já perdi um amor por escondê-lo...
Já segurei nas mãos de alguém por estar com medo,
Já tive tanto medo, ao ponto de nem sentir minhas mãos.
Já expulsei pessoas que amava de minha vida,
Já me arrependi por isso...
Já passei noites chorando até pegar no sono,
Já fui dormir tão feliz,
Ao ponto de nem conseguir fechar os olhos...
Já acreditei em amores perfeitos,
Já descobri que eles não existem...
Já amei pessoas que me decepcionaram,
Já decepcionei pessoas que me amaram...
Já passei horas na frente do espelho
Tentando descobrir quem sou,
Já tive tanta certeza de mim,
Ao ponto de querer sumir...
Já menti e me arrependi depois,
Já falei a verdade
E também me arrependi...
Já fingi não dar importância a pessoas que amava,
Para mais tarde chorar quieto em meu canto...
Já sorri chorando lágrimas de tristeza,
Já chorei de tanto rir...
Já acreditei em pessoas que não valiam a pena,
Já deixei de acreditar nas que realmente valiam...
Já tive crises de riso quando não podia...
Muitas vezes deixei de falar o que penso para agradar uns,
Outras vezes falei o que não pensava para magoar outros...
Já fingi ser o que não sou para agradar uns,
Já fingi ser o que não sou para desagradar outros...
Já senti muita falta de alguém,
Mas nunca lhe disse...
Já gritei quando deveria calar,
Já calei quando deveria gritar...
Já contei piadas e mais piadas sem graça,
Apenas para ver um amigo mais feliz...
Já inventei histórias de final feliz
Para dar esperança a quem precisava...
Já sonhei demais,
Ao ponto de confundir com a realidade...
Já tive medo do escuro,
Já caí inúmeras vezes, achando que não iria me reerguer,
Já me reergui inúmeras vezes, achando que não cairia mais...
Já liguei para quem não queria, apenas para não ligar para quem realmente queria...
Já corri atrás de um carro, por ele levar alguém que eu amava embora.
Já chamei pela mãe no meio da noite, fugindo de um pesadelo, mas ela não apareceu e  foi um pesadelo maior ainda...
Já chamei pessoas próximas de "amigo" e descobri que não eram;
Algumas pessoas nunca precisei chamar de nada e sempre foram e serão especiais para mim...
Não me dêem formulas certas,
Porque eu não espero acertar sempre...
Não me mostre o que esperam de mim,
Porque vou seguir meu coração!...
Não me façam ser o que eu não sou,
Não me convidem a ser igual,
Porque sinceramente sou diferente!...
Não sei amar pela metade,
Não sei viver de mentiras,
Não sei voar com os pés no chão...
Sou sempre eu mesma,
Mas com certeza não serei a mesma para sempre... "

Com o tempo aprendi que o que importa não é O QUE você tem na vida, mas QUEM você tem na vida...

18 setembro, 2013

Porque gritamos?



Um dia, um pensador indiano fez a seguinte pergunta aos seus discípulos:
"Porque é que as pessoas gritam quando estão aborrecidas?"
"Gritamos porque perdemos a calma", disse um deles.
"Mas, por que gritar quando a outra pessoa está ao seu lado?"
Questionou novamente o pensador.
"Bem, gritamos porque desejamos que a outra pessoa nos ouça", retrucou outro discípulo.
E o mestre volta a perguntar:
"Então não é possível falar-lhe em voz baixa?"
Várias outras respostas surgiram, mas nenhuma convenceu o pensador

Então ele esclareceu:

"Vocês sabem porque se grita com uma pessoa quando se está aborrecido?"
O fato é que, quando duas pessoas estão aborrecidas, os seus corações afastam-se muito.
Para cobrir esta distância precisam gritar para poderem escutar-se mutuamente.
Quanto mais aborrecidas estiverem, mais forte terão que gritar para se ouvirem um ao outro, através da grande distância.

Por outro lado, o que sucede quando duas pessoas estão apaixonadas?
Elas não gritam. Falam suavemente. E por quê?
Porque os seus corações estão muito perto.
A distância entre elas é pequena.
Às vezes os seus corações estão tão próximos, que nem falam, somente sussurram.
E quando o amor é mais intenso, não necessitam sequer de sussurrar, apenas se olham, e basta.
Os seus corações entendem-se.
É isso que acontece quando duas pessoas que se amam estão próximas.

Por fim, o pensador conclui:

"Quando vocês discutirem, não deixem que os vossos corações se afastem, não digam palavras que os distanciem mais, pois chegará um dia em que a distância será tanta que não mais encontrarão o caminho de volta".

 
Mahatma Gandhi

As Três Peneiras...

 

Olavo foi transferido de projeto.
Logo no primeiro dia, para fazer média com o novo chefe,saiu-se com esta:

- Chefe, o senhor nem imagina o que me contaram a respeito do Silva. Disseram que ele...

Nem chegou a terminar a frase, e o chefe, apartou:

- Espere um pouco, Olavo. O que vai me contar já passou pelo crivo das Três Peneiras?

- Peneiras? Que peneiras, Chefe?

- A primeira, Olavo, é a da VERDADE.
Você tem certeza de que esse fato é absolutamente verdadeiro.

- Não. Não tenho, não. Como posso saber? O que sei foi o que me contaram. Mas eu acho que...

E, novamente, Olavo é interrompido pelo chefe:

- Então sua história já vazou a primeira peneira.
Vamos então para a segunda peneira que é a da BONDADE.

O que você vai me contar, gostaria que os outros também dissessem a seu respeito?

- Claro que não! Deus me livre, Chefe! - diz Olavo, assustado.

- Então, - continua o chefe - sua história vazou a segunda peneira.
Vamos ver a terceira peneira, que é a da NECESSIDADE.

Você acha mesmo necessário me contar esse fato ou mesmo passá-lo adiante?

- Não chefe. Pensando desta forma, vi que não sobrou nada do que eu iria contar.
- falou Olavo, surpreendido.

-Pois é Olavo! Já pensou como as pessoas seriam mais felizes se todos usassem essas peneiras
- diz o chefe sorrindo e continua:
- Da próxima vez em que surgir um boato por aí, submeta-o ao crivo das Três Peneiras:

VERDADE - BONDADE - NECESSIDADE

Antes de obedecer ao impulso de passá-lo adiante, por que:


PESSOAS INTELIGENTES FALAM SOBER IDEIAS
 

PESSOAS COMUNS FALAM SOBRE COISAS
 
PESSOAS MESQUINHAS FALAM SOBRE PESSOAS

17 setembro, 2013

A Lenda do Escorpião ...


"Um monge e os seus discípulos caminhavam por uma estrada e, quando passaram por uma ponte, viram um escorpião a ser arrastado pelas águas e quase a afogar-se. O monge correu pela margem do rio, atirou-se à água e apanhou-o com a mão. Quando o trazia para fora da água, o bicho picou-o e, devido a dor, o homem deixou-o cair outra vez no rio. O mestre tentou tirá-lo novamente e novamente o animal o picou. Alguém que estava observando, aproximou-se do mestre e disse-lhe:

- Não entende que todas as vezes que tentar tirá-lo da água ele irá picá-lo?


O monge respondeu:


- Ele só agiu conforme a sua natureza, e eu de acordo
com a minha.

Foi então à margem, apanhou um ramo de árvore, adiantou-se outra vez a correr pela margem, entrou no rio, colheu o escorpião e salvou-o. O monge voltou e juntou-se aos discípulos na estrada. Eles que tinham assistido à cena, receberam-no perplexos e penalizados, dizendo:


- Mestre, deve estar a doer muito! Porque é que foi salvar esse bicho perigoso e venenoso? Que se afogasse! Seria um a menos! Veja como ele agradeceu a sua ajuda! Picou a mão que o salvou! Não merecia a sua compaixão!


O monge ouviu tranquilamente os comentários e respondeu:


- A natureza do escorpião é picar, mas isso não vai mudar a minha, que é ajudar.
 

Se a escada...


Se a escada não estiver apoiada na parede correta,
cada degrau que subimos é um passo mais para um lugar equivocado.

Stephen Covey

Um homem...



Um homem não pode fazer o certo numa área da vida,
enquanto está ocupado em fazer o errado em outra.
A vida é um todo indivisível.

Mahatma Gandhi

16 setembro, 2013

Pessoas...

 
Pessoas inteligentes ,
são as que olham para cada situação,
com esperança de resolver ou melhorar...

14 setembro, 2013

Saudades...


Parece muito óbvio...

Perguntaram ao rabino Ben Zoma:
- Quem é sábio?
- Aquele que encontra sempre algo a aprender com os outros - disse o rabino.
- Quem é forte?
- O homem que é capaz de dominar a si mesmo.
- Quem é rico?
- O que conhece o tesouro que tem: seus dias e suas horas de vida, que podem modificar tudo que acontece a sua volta.
- Quem merece respeito?
- Quem respeita a si mesmo e ao seu próximo.
- Isto tudo são coisas óbvias - comentou um dos presentes.
- Por isso são tão difíceis de serem observadas - concluiu o rabino.

Tapando o sol com a mão...



Um discípulo procurou o rabino Nahman de Braslaw:
- Não continuarei mais meus estudos dos textos sagrados - disse. - Moro numa pequena casa com meus irmãos e pais, e nunca encontro as condições ideais para concentrar-me no que é importante.
Nahman apontou o sol, e pediu que seu discípulo colocasse a mão na frente do rosto, de modo a oculta-lo. O discípulo fez isto.
- Sua mão é pequena, e no entanto conseguiu cobrir totalmente a força, a luz e a majestade do imenso sol. Da mesma maneira, os pequenos problemas conseguem lhe dar a desculpa necessária para não seguir adiante em sua busca espiritual.
 

"Assim como a mão tem o poder de esconder o sol, a mediocridade tem o poder de esconder a luz interior. Não culpe os outros por sua própria incompetência."

...




''Bendito é Deus que muda as horas...''

12 setembro, 2013

Não...

 
 
"Não sou ninguém importante, apenas um homem comum, com pensamentos comuns.
Eu levo uma vida comum.
Nenhum monumento dedicado a mim.
Meu nome logo será esquecido.
Mas em um aspecto, eu obtive sucesso como ninguém jamais teve.
Amei alguém de coração e alma.
E isso sempre foi o bastante pra mim."
 
(Filme - Diário de uma Paixão)

O Preço Da Segunda Chance

Havia um homem muito rico e que possuía muitos bens, acumulados ao longo da sua vida à custa de muito trabalho. Ele tinha um único filho, que, ao contrário do pai, não queria nada com o trabalho nem com os estudos. O que ele mais curtia eram mulheres e festas com os amigos.
Seu pai sempre o advertia sobre a importância do trabalho e dos estudos. Os amigos só estariam ao seu lado enquanto ele tivesse algo para lhes oferecer.
Os conselhos e ensinamentos do pai chegavam aos ouvidos do jovem, mas ele não assimilava nada continuava com sua vida vazia de conteúdo e sem objetivos.
Um dia, o velho pai mandou os empregados construírem um pequeno celeiro nos fundos da casa e, dentro dele, uma forca com os seguintes dizeres: "Eu Nunca Ouvi os Conselhos do Meu Pai".
Mais tarde ele chamou o filho, levou-o ao celeiro e disse:
Meu filho, já estou velho e quando eu morrer, tudo isso será seu. Se você fracassar quero que me prometa que vai-se enforcar nesta forca.
O jovem, incrédulo com aquela louca proposta riu, achou tudo um absurdo, mas, para não discutir com o pai, fez a promessa pensando consigo mesmo que jamais faria aquilo.
O tempo passou, o velho pai morreu e o filho herdou todos os seus bens, assumindo os negócios da família; mas, como havia sido previsto, gastou muito em festas, perdeu dinheiro em negócios malfeitos e começou a vender o patrimônio. Em pouco tempo perdeu tudo. Perdeu os amigos e,
desesperado, lembrou-se do pai, cujos conselhos jamais ouvira e então começou a chorar copiosamente.
Pesaroso, levantou os olhos vermelhos e avistou ao longe o velho celeiro e aí se lembrou da promessa feita a seu pai. Deprimido e enfraquecido caminhou. até lá e, lendo as palavras escritas na placa, entrou novamente em choro convulsivo, decidiu então cumprir a promessa, já que nada mais lhe restava na vida.
Pensava ele: "Pelo menos agora vou alegrar meu pai, cumprindo minha palavra".
Subiu na forca, pendurou a corda no pescoço e jogou-se no ar, sentindo por um instante o aperto em sua garganta. Mas o braço da forca era oco e. quebrou-se antes que o rapaz morresse. Ele caiu ao chão e do braço oco da forca, caíram jóias, esmeraldas e diamantes. Uma pequena fortuna que trazia junto um bilhete com os seguintes dizeres: "Esta é a sua nova chance, Eu o Amo Muito, SEU PAI".
 
Todos temos direito a uma segunda oportunidade, mas, se ouvirmos os conselhos dos mais experientes, o preço desta segunda oportunidade poderá ser muito menor.

11 setembro, 2013

O Rio e o Oceano...

 

Diz-se que, mesmo antes de um rio cair no oceano ele treme de medo.
 
Olha para trás, para toda a jornada,os cumes,as montanhas,o longo caminho sinuoso através das florestas, através dos povoados, e vê à sua frente um oceano tão vasto que entrar nele nada mais é do que desaparecer para sempre.

Mas não há outra maneira.
 
O rio não pode voltar.

Ninguém pode voltar.
 
Voltar é impossível na existência.
 
Você pode apenas ir em frente.

O rio precisa se arriscar e entrar no oceano.
 
Somente quando ele entra no oceano é que o medo desaparece.
 
Porque apenas então o rio saberá que não se trata de desaparecer no oceano, mas tornar-se oceano...
 
Por um lado é desaparecimento e por outro lado é renascimento.

Assim somos nós.

Só podemos ir em frente e arriscar.
 
Coragem !!

Avance firme e torne-se Oceano!!!